O mesmo quarto em quatro versões: para meninas, meninos e crianças

Mantidos o armário, a cama e as prateleiras, o ambiente ganha versões para moça, rapazes e crianças. Acessórios e revestimentos são o truque.

Texto Iracy Paulina | Fotos Luis Gomes | Reportagem Visual Isabella Mendonça e Andrio Feijó (assistente)

Quarto de solteiro | <i>Crédito: Foto Luis Gomes
Quarto de solteiro | Crédito: Foto Luis Gomes

Você deseja uma decoração duradoura? Esta opção é certeira, pois tem elementos para satisfazer românticas dos 12 aos 30 anos – ou mais! O branco puro e os tons off-white servem de base para a personalização com lilás, roxo e rosa, além de estampa floral. “No lugar de descanso, vão bem as cores que transmitem as sensações de limpeza, relaxamento e frescor”, ensina a arquiteta Karina Malvezzi, do Dadazio Arquitetura & Paisagismo. 



Esta hamonia não tem idade. Eis uma das propriedades do azul, que pode apresentar-se em várias nuances e ficar bem ao lado de branco, bege, marrom ou preto. Quanto mais fechados os tons, mais sério o visual. 


Karina Malvezzi sugere listras verticais a fim de fazer o pé-direito parecer maior e conferir descontração ao espaço. Para meninos, aposte em complementos sóbrios. Para meninas, quebre a sisudez com babados, padrões miúdos e texturas, a exemplo do crochê. 


Ambientes coloridos transmitem vitalidade. “Cores fortes, como o laranja e o vermelho, caem bem no quarto dos pequenos”, afirma a arquiteta. “Mas sempre com moderação, para evitar a poluição visual, que não é saudável.” 

06/01/2017 - 17:59

Conecte-se

Revista Minha Casa
Coleção CARAS