Aprenda a fazer uma cabeceira de EVA

Ela é feita todinha com rodapés de EVA, material que não pesa no bolso e é superfácil de trabalhar. O processo é simples, e o resultado, de encher os olhos.

Fotos: Luis Gomes

Essa bandeja não ocupa espaço depois do uso: ela se encaixa perfeitamente na lateral do criado-mudo | <i>Crédito: Luis Gomes
Essa bandeja não ocupa espaço depois do uso: ela se encaixa perfeitamente na lateral do criado-mudo | Crédito: Luis Gomes
Você vai precisar de:
❚ Rodapé de EVA − alternamos os modelos VS-501 (2,20 x 0,05 m) e VS-1001 (2,20 x 0,10 m), da Artyflex.
❚ Tinta (esmalte sintético branco)
❚ Corante líquido preto (procure uma versão indicada para esmalte sintético)
❚ Rolinho de espuma, pincel e bandeja
❚ Sarrafo para misturar a tinta
❚ Cola de contato para EVA ou cola quente
❚ Estilete
❚ Trena

1. Escolha as cores: aqui, usamos branco e três tons de cinza, intercalados de forma aleatória. Após diluir a tinta conforme as instruções do fabricante, comece pintando com rolinho as peças que serão brancas.

2 e 3. Aproveite a bandeja com essa tinta para produzir os tons de cinza: adicione corante preto (pingamos sete gotinhas) e misture com o sarrafo.

4. Tinja todas as peças que terão a tonalidade clara. Em seguida, acrescente mais corante à mesma mistura (para o tom médio, usamos mais cinco gotas) e mexa. Lave o rolinho e pinte quantas desejar. Por fim, pingue mais corante (quatro gotas) e mexa para chegar ao cinza-escuro. Com o rolinho limpo, tinja as outras. Espere secar.

5 e 6. Inicie a montagem: passe cola na extremidade de uma régua, fixe-a na parede acima do rodapé e siga aplicando mais cola e firmando-a até o final – Thaisa recomenda ultrapassar o colchão em 65 cm. Faça o mesmo com as demais, alternando as cores. Se a cabeceira for maior do que o comprimento de uma régua, é possível emendá-la. Tenha tiras extras, corte-as com estilete e faça a união com cola de contato. Não se preocupe: a junção ficará discreta.



Para sonhar, bastam 8 m² | <i />Crédito: Luis Gomes

Veja a matéria do quarto: Para sonhar, bastam 8 m²

22/02/2017 - 12:22

Conecte-se

Revista Minha Casa
Coleção CARAS