As regras da cortina

A escolha do modelo fica mais fácil com algumas dicas simples que dão aquela ajuda certeira. Desvendamos o mistério que ronda o tecido, o comprimento e a largura da cortina e sua distância em relação ao teto.

Texto: Lara Muniz / Reportagem visual: Paulo Lagreca / Foto: Ana Casatti / Ilustrações: Rebeca Simone

As regrinhas da cortina | <i>Crédito: Foto: Ana Casatti
As regrinhas da cortina | Crédito: Foto: Ana Casatti
Só mesmo quem já comprou cortinas sabe como essa tarefa pode ser complicada. O equilíbrio entre o tecido certo, a altura ideal para a instalação e as medidas adequadas ao espaço será responsável pelo resultado perfeito. Confira as indicações a seguir.



TECIDO Antes de ir às lojas, pense na quantidade de luz natural que entra no ambiente: essa referência serve de guia para eleger um tecido transparente, ideal para lugares mais escuros, ou encorpado, que ajuda a filtrar a claridade excessiva. Leve em conta também o quanto você precisa de praticidade: tecidos sintéticos não encolhem, e a grande maioria permite lavagem doméstica.

ESTAMPA Cores e padrões estão liberados, desde que em harmonia com a decoração. Por outro lado, os modelos lisos são sempre corretos e fáceis de combinar. Vale lembrar: tons fortes e estampas podem desbotar se constantemente expostos à luz do sol.

❚ COMPRIMENTO O ideal é que a cortina apenas toque o chão. Se houver sobra – essa bainha extra é chamada de arraste –, deve ser de no máximo 4 cm. Isso porque um arraste longo demais prejudica a circulação e acumula poeira.Se você não puder ter uma cortina até o chão porque há um móvel na frente, por exemplo, experimente um painel reto do tipo rolô, que não tem dobras verticais e, assim, garante um visual mais elegante.


LARGURA Modelos estreitos, que se restringem ao vão da janela, deixam o ambiente mais leve. Os trechos de parede que sobram nas laterais podem ganhar arranjos de quadros ou até uma luminária.

DISTÂNCIA DO TETO

X ERRADO: se a janela for baixa e você instalar o trilho ou o varão logo acima dela, a impressão será de achatamento do pé-direito do ambiente.

✓ CERTO: se o pé-direito for bem alto, instale a cortina a meio caminho entre o teto e a parte superior da janela. Usando varões, é mais fácil regular a altura.

✓ CERTO: para obter efeito de amplidão, um bom truque é deixar a cortina bem no alto. Existem até modelos de trilho apropriados para fixação direta no teto.


11/01/2017 - 10:00

Conecte-se

Revista Minha Casa
Coleção CARAS