Meu canto preferido: cantinho verde com clima zen

O sushiman Wagner Praxedes, cearense que mora há dez anos em São Paulo, conta como montou um simpático terraço verde para ler e relaxar.

REPORTAGEM VISUAL ISABELLA MENDONÇA E THIAGO ERMANO (ASSISTENTE) FOTOS CARLOS PIRATININGA

Meu canto preferido: cantinho zen | <i>Crédito: FOTOS CARLOS PIRATININGA
Meu canto preferido: cantinho zen | Crédito: FOTOS CARLOS PIRATININGA
“Cuidar de plantas é uma das minhas paixões. Desde que me mudei para São Paulo, não houve mais espaço para um jardim, então sentia falta de ter ao menos um canto para cultivá-las. Foi aí que pensei em pendurar um painel de madeira em uma área semicoberta da varanda de casa e usá-lo como floreira, junto de outros vasos colocados no chão. Gosto de espécies fáceis de cuidar, por isso selecionei azaleia, begônia, kalanchoe, flor-de-maio e lírio-da-paz. O ambiente ficou tranquilo e acolhedor e logo se tornou o mais especial para mim. É aqui que eu leio, relaxo e recarrego as energias para começar o dia.”                          
Floreira ecológica e inusitada

Para a montagem do painel, Wagner reaproveitou um estrado de cama velho, com sete ripas de 1,82 m. Serradas ao meio, elas renderam 14 peças, que foram pregadas – ora juntas, ora separadas – em duas ripas de 90 cm, também pertencentes ao estrado. Outras duas ripas foram usadas na confecção da pequena prateleira.

Wagner lixou e envernizou a madeira para dar acabamento caprichado. Por fim, parafusou os vasos da parte de cima da floreira. 

            



08/12/2016 - 16:44

Conecte-se

Revista Minha Casa
Coleção CARAS