Quarto de bebê com pintura de nuvens

A psicóloga Marina Herdeiro Lopes e o economista Bruno Ferreira Silva converteram o antigo home office em um ambiente moderno e encantador para receber o pequeno Benjamin

Texto: Daniel John Furuno

Tudo para agradar o novo morador | <i>Crédito: LUIS GOMES
Tudo para agradar o novo morador | Crédito: LUIS GOMES
"Assim que engravidei, nos desfizemos dos móveis e de quase todos os objetos do escritório para poder transformá-lo no quartinho do Benjamin. Como não contratamos arquiteto nem designer para fazer o projeto, eu mesma pesquisei ideias na internet. Queria um estilo contemporâneo, que fugisse do bege tradicional e também do estereótipo das cores para cada gênero – o azul, considerado para meninos, e o rosa, para meninas, aparecem juntos sobre a base neutra, enriquecida por detalhes em tons quentes. Cuidamos da pintura na parede, escolhemos os móveis e acessórios e até confeccionamos o kit de higiene. No final, amamos o resultado – ficou ainda mais lindo do que havíamos imaginado!", conta a moradora e mãe Marina Herdeiro Lopes.

O céu, presente dos pais

Teto e paredes foram tingidos de branco, com exceção de uma, que recebeu fundo cinza (Crômio, ref. B161, da Suvinil) – sobre ele, o casal criou uma pintura artística. "O Bruno fez o desenho, recortou o estêncil em papel-cartão e usou fita crepe para marcar a parede, padronizando a distância entre as nuvens. Daí, nós as pintamos com rolo pequeno", conta Marina. 

Azul e rosa estão no berço (Horizonte, na cor ref. H029, Berta Gonçalez) e na poltrona (Biscoito Fino, Oppa), mas outros matizes dão as caras em itens como os quadrinhos (Uauá Baby) e o móbile (Uauá Baby).



02/03/2017 - 13:00

Conecte-se

Revista Minha Casa
Coleção CARAS