Reforma completa da lavanderia em 15 dias

A área de serviço deste sobrado em Curitiba foi transformada em 15 dias com medidas simples: uma pincelada de cor, acessórios práticos e boa marcenaria.

Texto, Reportagem Visual e Fotos Alessandra Okazaki (PR)

Projeto da da arquiteta Eliana Franklin | <i>Crédito: Foto Alessandra Okazaki (PR)
Projeto da da arquiteta Eliana Franklin | Crédito: Foto Alessandra Okazaki (PR)
O sonho da assistente social Helenice Senedesse, amazonense que vive há anos na capital paranaense, é ser designer de interiores. Tanto que reformou a casa usando ideias das revistas que coleciona. Porém faltou verba para um ambiente: a lavanderia. "Colocamos tanque, máquina de lavar e armários. Mas como é difícil deixar o espaço organizado!", diz. A primeira tarefa da arquiteta Eliana Franklin ao assumir o projeto foi desenhar uma marcenaria esperta. "Procuramos aproveitar ao máximo a área de 5 m²", explica. A reforma de 15 dias contemplou ainda a pintura de paredes e a troca de torneiras, tanque e luminária. "Adoramos o resultado. Será mais gostoso trabalhar aqui", conta a moradora, satisfeita.

"Amei as cores, os acessórios, tudo! É uma maravilha poder guardar minhas coisas assim. A ajuda de um profissional faz mesmo uma diferença e tanto.", afirma Helenice.

Raio X do projeto


• A arquiteta concentrou a área de trabalho e organização em uma das paredes (1), reservando o outro lado à circulação e aos cestos de roupa (2), já que o ambiente comunica a frente e os fundos da casa.

• As proporções do mobiliário liberam espaço para a movimentação na hora dos afazeres. No módulo maior (3), o canto foi chanfrado para permitir a passagem na porta.

Reforma simples e rápida

• O revestimento cerâmico, em bom estado, permaneceu. Para deixar a lavanderia mais acolhedora, algumas paredes, que já eram texturizadas com graffiato, foram pintadas de verde (tinta acrílica Limpa Fácil Suvinil, ref. C061).

• As prateleiras com largura reduzida não atrapalham no momento de usar a máquina de lavar.

• A arquiteta indica boa iluminação para o espaço, porém sem perder em economia a longo prazo. Por isso, sugeriu o plafon com quatro lâmpadas eletrônicas compactas de 20 w, que gastam menos energia.

• Cestos de diversos formatos e materiais armazenam roupas sujas e limpas, produtos de limpeza, pregadores e ferramentas. Outra vantagem é que ainda podem ser levados para qualquer lugar da casa.

Um banho de charme e praticidade

• Como o sobrado dispõe de área externa onde a moradora coloca as roupas para secar, optou-se por eliminar o varal interno. O cesto grande tem rodízios que facilitam a locomoção. Já a tábua de passar vai para o armário após ouso. A película na porta de vidro, aplicada por Helenice, permite a entrada de luz.

• De olho na sensação de amplitude e limpeza, elegeu-se o branco para os móveis. Os módulos, encaixados entre as duas janelas, exibem práticas portas basculantes, que não atrapalham quando abertas. Repare que o armário acima do tanque está em uma altura de fácil acesso. No alto, a arquiteta preferiu uma única prateleira. Ali vão cestos e enfeites.

• O módulo maior, com divisórias, acomoda tudo no devido lugar. Dá para guardar baldes, vassouras, escada, tábua de passar e aspirador de pó. Há ainda uma pequena bancada de apoio ao lado do tanque.


11/01/2017 - 16:38

Conecte-se

Revista Minha Casa
Coleção CARAS