Sala de estar candy colors

As cores de doce que roubam a cena na sala criam uma atmosfera elegante e acolhedora! Conheça os detalhes da proposta e os truques para conquistar um efeito parecido em casa

Texto: Carine Savietto | Fotos: Luis Gomes

As cores delicadas que roubam a cena nesse ambiente criam uma atmosfera elegante e acolhedora! | <i>Crédito: Luis Gomes
As cores delicadas que roubam a cena nesse ambiente criam uma atmosfera elegante e acolhedora! | Crédito: Luis Gomes
O rosa e o azul, em versões bem clarinhas, são os tons do momento! Pelo menos, essa é a aposta da Pantone, empresa norte-americana especializada em tendências de cores, que elegeu o Rose Quartz (tonalidade inspirada no quartzo rosa) e o Serenity (que representa a serenidade do azul-pastel) como os destaques da paleta desta temporada. Desafiadas por MinhaCasa a criar um ambiente que explorasse essa combinação, a arquiteta Erica Mare e a designer de interiores Fabiola Galeazzo, sócias no escritório paulistano D2N Arquitetura e Interiores, criaram uma sala de TV cheia de mimos – mas nem por isso infantil ou enjoativa. “Incluímos peças de decoração com uma pegada bem urbana, pinceladas de preto e dourado, mistura de estampas...”, enumera Erica. “Tudo para deixar o visual mais adulto e interessante”, completa Fabiola. Nas próximas páginas, elas entregam todos os detalhes do projeto.

As cores da moda


❚ A dupla queridinha do momento foi colocada em evidência: enquanto o rosa tinge a parede principal, o azul marca presença no sofá. 

❚ A infalível mistura de preto e branco entra em cena nas estampas do tapete e do papel de parede, emprestando elegância ao conjunto. 

❚ Elementos dourados, súper em alta, e uma boa dose de madeira ajudam a aquecer a área.

Arranjo nota 10 preenche o canto do sofá

❚ Depois de eleger os móveis – somente peças de visual levíssimo, a exemplo do estofado com pés palito de madeira, inspirado no design dos anos 1950 –, o desafio foi montar uma composição afinada para a parede cor-de-rosa. “Começamos pelos espelhos nas laterais: dois de cada lado, justamente para criar uma simetria. Assim, estabelecemos uma agradável organização visual”, explica Erica. No centro, formou-se um retângulo imaginário, onde foram dispostos quadros e outras peças decorativas de estilos e formatos variados, espantando a mesmice. 

❚ “O mix de almofadas harmoniza com a paleta do ambiente. Abusamos de tons neutros e ousamos apenas em uma delas, com um vermelho contrastante”, aponta Fabiola.

Aproveitamento certeiro


❚ Em uma sala pequena (esta aqui tem menos de 8 m²), o jeito é encostar os móveis nas paredes e valorizar a circulação. 

❚ Com essa medida, a área livre no centro do ambiente ficou tão generosa que até foi possível introduzir uma mesinha para usar o notebook (1) – quer home office mais prático do que esse?

A área da TV é um show à parte!

Em sintonia com o estilo do sofá, o rack eleito pela dupla de profissionais também remete a uma atmosfera vintage. “Outro motivo pelo qual adoramos esse modelo é o fato de ele não se parecer com um caixote, como a maioria dos móveis que cumprem a mesma função. Vazado, ele deixa entrever o papel de parede”, diz Erica. 

❚ Prateleiras comuns, presas com trilhos e suportes de aço, formam uma estante funcional e muito charmosa. O toque de Midas foi tingir todas as ferragens, originalmente brancas, com spray dourado.




22/02/2017 - 10:23

Conecte-se

Revista Minha Casa
Coleção CARAS